sexta-feira, 4 de abril de 2008

razão...

Encostei a razão ao espelho. Na parede não se via...
Perguntei-lhe a origem das certezas, o caminho certeiro dos pensamentos, a empresa de manutenção do controlo remoto das emoções e porque é que é sempre a última a falar quando tudo se precipita.
Odiou-me... quando se viu ponto de interrogação.
Mas no espelho ficou linda... ganhou forma de quem sente.


5 comentários:

de dentro pra fora.... disse...

Então sempre apareceu?...
Ás vezes procuramos por ela...nem mesmo com muito esforço da nossa parte, ela teima em se esconder...
mas sempre aparece...nem que seja no final...para vermos que não tinhamos...é sempre bom ,poder encontra-la...

de dentro pra fora.... disse...

Não resisti...
vim deixar-te um abraço..
assim...
sem braços...
mas com o coração...
fica bem...

avelaneiraflorida disse...

Querida NI,

O coração SENTE!!!!! e mesmo com ou sem razão...continua a sentir!!!!
Ai de nós se ele deixar de se emocionar, de rir , de chorar, ou tão só de imprimir ritmos à vontade do que sonhamos...

SENTIR será o mais perfeito coração!!!

bjkas!!

Minerva disse...

Ganhou a tua forma Ni.

Beijo

multiolhares disse...

Só o caração sente só ele sabe o verdadeiro caminho
beijinhos