quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

na palma da mão

Queria ter aqui mais e novas palavras... Andei com as folhas para que as soltassem da alma, mas todas continuam em branco. Procurei então uma imagem que despertasse a inspiração. Parei nesta...







... e achei que já não precisava de palavras.

6 comentários:

Sininho disse...

:) :)

Sininho disse...

:) :)

Vida disse...

Olá Ni,

Venho lançar-te um desafio...

O meu querido Amigo, Alma Peregrina, do blogue Crónicas de uma peregrinação, lançou-me o desafio: "Um desafio sem sentido, mas tá-se".
Consiste em:
1. Pegar no livro mais próximo
2. Abri-lo na página 161
3. Procurar a 5ª frase completa
4. Copiar a frase
5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro (usar o mais próximo)
6. Passar o desafio a cinco pessoas

Bem, o livro que me estava mais próximo é "Liturgia das minhas horas", de Paulo Guerra, S.J. e a frase:

"Vêm de longe, nascidas da minha limitação e indigência, manchando a minha história com sombras e ruínas."

Passo o desafio a:
1. Confessionário dum Padre (http://eupadre.blogspot.com)
2. Migalhas também são pão (http://migalhassaopao.blogspot.com)
3. Blogue do Padre César Cruz (http://pecesarcruz.blogspot.com)
4. Cantinho da Alexandra (http://alexandraribeiro.spaces.live.com)
5. Branco escuro (http://profundamenteeu.blogspot.com)

Um abraço em Cristo
MJG

Maria João disse...

Muito bonito!!!!


beijos

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Eu confesso que também estou sem palavras...
Um xi gigante que inclui: carinho, força e sorrisos

Ingratidão disse...

Algumas imagens, superam todas as palavras possiveis e imagináveis

Ps: Será este um bom tema da semana? Esperamos por ti *