segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Talvez amanhã...


Amanhã...
Amanhã as palavras devem voltar.
Amanhã...
Amanhã talvez baste respirar.

Inspirar e expirar...
Tentar oxigenar o ar
Com todo o sentimento dentro
Sabendo da razão o desencontro
Entre o pensar e o sentir,
Entre o escrever e descrever
O que me faz chorar e sorrir
E que sinto sem dizer
Que é amor.

Amanhã...
Talvez amanhã.





Ni

1 comentário:

just me disse...

Então... força no coração e ...Até amanhã!