terça-feira, 17 de julho de 2012

"se Deus quiser..."



Naquele quarto da enfermaria, enquanto eu falava com o Sr. "Manuel", alguém com tom natural disse: Se Deus quiser...
O Sr. "Manuel" é um homem inteligente, difícil..., como a sua vida, de sorrisos escassos e presos, de palavras pensadas para serem poucas. Ao ouvir esta frase, abanou, com balanço depreciativo, a cabeça e...:
- A Dra. desculpe a pergunta, mas... Acredita que Deus existe e acredita mesmo nisso?
- (respondi sem hesitar) Sim, acredito em Deus!
- Como?! Onde é que ele está no meio disto?
- (reconheço que o lugar não é o mais agradável, ainda mais do "lado doente", mas mantenho o sorriso e respondo) Deus está no meu coração, no seu, em todos... Está onde O quiser encontrar.
- Em mim?! Em mim não!
- Mas já tentou ouvir-Lo (deixei que não interpretasse também como "ouvi-lo")
- Eu não. Não ouço nada.
- (tirei o estetoscópio do pescoço, segurei-o no "nada" e pus o Sr. "Manuel" a ouvir) O que ouve?!
- Nada!
- (pus então o estetoscópio de maneira a que auscultasse o seu coração) E agora?
- Ouço o meu coração...
- Deus é assim, Sr. "Manuel"... Não se impõem. Está em nós... basta arriscar procurá-Lo.
(Fez um silêncio diferente. Quando acabei e ia sair... Eis que hoje foi o Sr. "Manuel" a despedir-se...)
- Até já, se Deus quiser...
(sorrimos)





Ni

3 comentários:

José António Carneiro disse...

Bonito, bonito, bonito. Isto é humanização na saúde... Obrigado pelo testemunho!

Hugo disse...

Ui...lindo :)

Não tenhas cuidado não que ainda começam a copiar os teus posts e quando deres por ela estás a receber uns powerpoints no mail com uns fundos todos bonitos e começas a pensar "eu conheço isto de algum lado..." :P

Continua Ni,
beijo grande ;)

Ana disse...

Lindo :)
Um beijinho grande *