quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

num daqueles corredores

E quando nos liga quem há quatro se senta na mesma sala que nós, quem apanha os mesmos elevadores, quem passa em silêncio nos mesmos corredores, quem se cumprimenta só com um Olá, às vezes, não verbalizado?
Quem diz, sou eu…, a tua colega…
Doeu logo aí! Colega… Aquela não era voz de quem precisava de uma colega. Andamos necessariamente divididos por turmas e estupidamente divididos dentro das turmas. Andamos… Às vezes, é só mesmo isso.
Quem serei eu assim? É do que mais custa neste curso… e que piora a cada dia que aproxima uma qualquer avaliação.
Tudo isto se gritou e revoltou em mim… mas ela continuou: “Gostava de te ver… Podes vir ver-me? Nunca te disse… mas gosto de ti.”
E ela está ali. Num daqueles corredores, mesmo em frente daqueles elevadores… onde o silêncio dói.
Vai custar voltar… já conheço essa história… mas vai ver-me. Vou vê-la e ficar.


8 comentários:

Pinipom disse...

achas mesmo tonta... eu é k tenhod e te agradecer por fazer parte desse grupo de blog interessantes...

e o que digo é de coração =D

beijo grande !

Neia...
adoro tu

Pinipom disse...

há dias que também sinto que precisava de fazer essa "chamada" edizer a quem gosto que GOSTO DE TI so pra sentir que fiz o que o coração mandou =D

vais ve-la e ficar e sentir o abraço forte nãod e colegas mas de grandes amigas =D

adoro tu querida...

beijo grande e força...ELE tá lá sempre pra nos apoiar =D

beijo solto

Neia

Pinipom disse...

AH :

GOSTO DE TI ...

BEIJO SOLTO

Neia

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Ni,
tive que ler quatro vezes para perceber o que querias de facto dizer. Não te preocupes que o problema não é o teu texto, é a leitora :P. Não sei se percebi mesmo assim, mas acho que sim. Lamento que assim seja. Contudo, não deixes de ser esse coração bom que és, não te deixes levar pelo sistema, não te afastes do teu coração, mesmo que, de vez em quando, doa...

Um xi apertado.

Lua d'Alma disse...

Muitas vezes esses corredores exigem de mais de nós mesmos... Mas nada q uma amizade nao consiga compreender e viver...
Um abraço é sempre sentido!
Beijinho Ni

Luisinha disse...

Sei bem o que é isso, divisões dentro do próprio curso... Mas deixa lá, com o tempo novas coisas surgem (falo de experiência própria!). como nada é para sempre há que ter fé e aguardar... ;)

Beijinhos e obrigada pelos teus comentários ao meu blog, só agora consegui "atinar" em como é que se manda um comentário eheheh...

Cátia disse...

Minha querida,

Já passei por aqui varias vezes, queria dizer-te mil palavras ao ouvido aquando de um abraço bem apertado... fica a vontade, o sentimento, e o silencio cheio de carinho. Quero-te bem... Avança, esse passo faz tambem parte da tua caminhada. Custa? Pois, mas talvez seja a forma que solidifica a tua personalidade.

Força para ti.
Beijinho mt grande

Anónimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado