sexta-feira, 29 de agosto de 2008

vazio no mundo


O mundo fica vazio aos poucos… Parece um balão que sem furo e sem barulho perde ar.
Todos partem… com distâncias diferentes, mas partem… e deixam pedaços.
Parte quem vai crescer para longe. Partes tu, com quem não estava muitas vezes, mas já sinto falta. É diferente. Sorríamos sempre. Às vezes tristes, com a vida do avesso, mas sorríamos. Havia sempre novidades… e coscuvilhices (admito). Nunca te disse… mas admiro a maneira como te entregas… como fazes de segredos partilhas lindas. Não sei porque começou assim tão forte, mas sabe bem a nossa amizade.
E tu… a quem não achei piada quando te vi. Ar de menino mimado e que implicava com toda a gente. Foi assim só até te ver triste… até ao primeiro abraço. Quem mais se vai pôr a gritar do outro lado da rua em Coimbra? Quem me vai oferecer aqueles beijinhos todos… que eram teus? Quem vai adivinhar quando estou offline no Messenger? Mandava-te um toque quando passava em tua casa… E agora? Um dia perguntaste como sabia que estavas ali se a luz estava apagada… O que interessa? Era sempre só para um bocadinho… e lá ficávamos nós em frente à tua porta… e o jantar a esperar. Nunca foi preciso dizer muito… Agora parece que ficou tanto por dizer.
Este lugar longe… este tempo longe… é um sonho vosso. Fico feliz por ter chegado e sonho convosco.
E parte quem fica perto… Quem sem palavras pede espaço… Quem precisa de um mundo que não reconhece nas minhas mãos.



12 comentários:

silvino disse...

ultimamente andas msmo triste. uhm.. a essencia da vida é a impermanencia. saber guardar o passado e encontrar beleza no presente trata-se um exercicio constante.

coragem e ânimo :)

Carla Sofia disse...

A vida obriga-nos a ter de deixar partir mesmo aqueles que nos completam e por vezes essa dor tem de ser muda.
Beijo de esperança
Gosto do seu blog
CarlaSofia

Kleine Hexe disse...

Olá Ni...
Sabias que a borboleta significa crescimento e humildade?
Beijinhos...

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço



Bom fim de semana



Mágico beijo

Rosa disse...

Olá Ni.
A isto talvez se possa dizer ausências, apenas ausências.
Vivemos todos sobre o mesmo céu mas a verdade é que nem todos temos os mesmos sonhos e horizontes ...
A vida "o mundo" tem a medida dos nossos sonhos, dos nossos desejos, projectos e realizações.

Ni, fica bem.

Beijos e bom Domingo

R.I.

Indie* disse...

Deixar que aqueles que amas, partam, é uma das coisas mais dificeis. Mas quando sentires que a tristeza te invade, deixa preencher-te por dois sentimentos: o primeiro, que ao deixares (e quem sabe, ajudares) esse alguém a partir vai fazê-lo crescer e, consequentemente, vai fazer-te crescer a ti própria; e o segundo, deixa simplesmente encher-te pelo Mistério Divino e pelo Amor de Deus e deixa que Ele console as tuas lágrimas. Pode parecer "frase feita", mas a verdade é que deixares que a tua alma se esvazie, numa certeza profunda de que estás a depositar tudo o que sentes nas mãos de Deus, dá uma reconforntante sensação de que tudo corre como Deus quer. E isso é (o) Tudo.
Adoro-te!
(MartaBrás)

Kleine Hexe disse...

Tenho pena de não conhecer a/o Indie* porque acho que estas palavras não poderiam ser mais sensatas...

Beijos NI! Beijinhos Indie*!

Cátia disse...

Deixo-te um xi bem apertado e um beijo de coraçao.

joaquim disse...

Ni, coração sensivel, deixo-te aqui os versos de um fado de Lisboa, que cantei muitas vezes e cuja letra me tocava muito especialmente.

Quando parto é para chegar
Mais junto a ti meu amor
Parto para não te deixar
E saber que ao voltar
Parte a saudade e a dor.

Na partida eu vou sabendo
Que nunca nos afastamos
Vou cantando e vou sofrendo
E muito melhor vou vendo
Que ao longe mais perto estamos.

Não sei chorar a partida
Que em nós está sempre chegando
Não se parte tendo vida
E enquanto em mim for sentida
Não posso partir chorando.

Abraço forte e amigo em Cristo

Kleine Hexe disse...

Que fado lindo...meu Deus!
Há coisas maravilhosas por aqui...

Cris disse...

As pessoas passam pela nossa vida deixando marcas no coração, mas também elas têm outra marcas para deixar noutros corações! Um xi apertado!

Ana disse...

Fizeste-me chorar menina... Gosto de ti, és pura e simplesmente A AMIGA =)
Bjinho grande de quem está longe, mas sempre perto