domingo, 29 de junho de 2008

SOL_ _ _ _


Há pessoas que a realidade não nos permite conhecer, mas que trata de nos aproximar… e que nos marcam, pelo que escrevem, pelo que conseguem de nós e pelo que nos fazem e deixam sentir.

MJG, num comentário feito no confessionário dum padre, partilha, no meio de tanto de si, uma frase que talvez seja um pouco de todos nós.

“Há SOL na palavra solidão.”


9 comentários:

Vagas Soltas disse...

Tudo passa...tudo na vida passa!
Bjs Ni.

silvino disse...

poético. mas diria q nos verdadeiros momentos de solidão o SOL encontra-se bem escondido por nuvens espessas. eu sei, eu sei ..ainda assim, ele está lá (:

Anónimo disse...

Querida Ni,
À muito q não faço um comment, passo por aqui as vezes em silêncio, pois o q s sente é deveras tão idêntico q não há palavras q toquem a mágoa.. assim... Por vezes nem sempre conhecemos quem está ao nosso lado... e mesmo assim tentamos dar sempre a volta por cima... e lá está o tal SOL, a tal luz, o tal calor que nos envolve e nos dá força para continuar...

Um beijinho cheio d esperança

SL (mudei a forma d assinar por uns motivos...)

Cátia disse...

... é preciso saber aproveitar esse sol, e nao cair na absoluta escuridão que a solidão pode trazer... Votos de muito sol!!

Carla disse...

mas quase sempre é um sol doente! beijos para partilhar a solidão

Cris disse...

Nós, de facto, nunca estamos sozinhos, mas esquecemo-nos sempre. Por isso, há mesmo SOL, mas teimamos em ver núvens...

avelaneiraflorida disse...

Querida Ni,

e que o SOL entre na solidão para lhe dar a claridade do sentir!!!!

Bjkas!!

Lira disse...

lindo!

quantas vezes a solidão bate a porta e insistimos em abrir, sem ver a luz k traz consigo pra nos fazer seguir o caminho da vida, presenteando-nos com anjos...

beijo solto

lira

Pedro disse...

Há também aquelas pessoas que nos deixam com a sensação que as poderíamos conhecer melhor e ser mais próximos, se fizéssemos mais por isso. E não sabemos nem percebemos porque não o fazemos.
Tenho saudades de conversar mais contigo do que só o cumprimento ou a despedida...