sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Ontem...para sempre!

O dia foi ontem, mas não consegui escrever. Foi (b)em cheio. Não sei se ainda tarde, se muito cedo, mas começou apressado.
Do nevoeiro matinal foram surgindo pessoas, algumas com manifestações inesperadas. Foi bom. Entre muitos sorrisos, eis que surge um bem diferente... Cheio, grande... e que agora, no meu quarto, é companhia.
Já me vão conhecendo... e, como os vícios também nos pertencem, a caixa de gomas não faltou (todos riem, mas também gostam...).
De pasta e sorriso na mão, volto para casa. Sabia que o dia ainda não tinha acabado, mas não o julgava tão longo e cheio de tanto.
Sentei-me e deixei a guitarra tocar.
O dia (re)começava. Ao fundo das escadas as surpresas iam chegando. Pensei (e disse): "Não é possível...". A realidade chegava num abraço e num outro brilho "programado" do olhar.
Na mesa, no chão, na mesinha de cabeceira estão lembranças lindas, profundamente lindas... enormes! No coração todos aqueles que fazem acreditar que há sempre algo para além do possível.


Simplesmente para comemorar.
Muito Obrigada!!

3 comentários:

anawîm disse...

oh Ni...
eheheh
então Parabéns pelo dia de ontem!!!

Alegro-me contigo... até fico também com um pouquito de inveja das gomas (posso tirar...só uma?)

abraço grande grande grande

adc disse...

Velinhas acesas, raspas de chocolate, vozes alegres que te rodeiam... brilho no olhar de quem te ama, mil desejos, intensos abraços, todos envoltos em papel de embrulho e uma enorme e encaracolada fita vermelha.

Bjs

Anónimo disse...

Atrasada na data mas mesmo assim não posso deixar de te desejar

Felicidades

Pelo dom da vida e pelo que és.
Que continues a viver toda a alegria deste dia.

R.I.