segunda-feira, 22 de outubro de 2007

(in)diferente força...

Nasce de onde nada seria de esperar… (in)diferente a tantos passos ou meras passagens… e, sem se saber muito bem como, permanece.


7 comentários:

Minerva disse...

A vida tem destas coisas...

São exemplos para não desistirmos de viver, de lutar pelos nossos sonhos mesmo que pareçam impossiveis...

Um beijo grande

Marta disse...

Minha nossa... Tão, mas tão belo, de uma beleza inesperada e intransponível. Tal como o comentário da Minerva, este post faz mesmo com que pensemos que tudo é possível, pode ser improvável, mas nunca impossível. E é assim que vamos caminhando neste estranho mundo que tão corrompido está. Correndo ou perseguindo os nossos sonhos............ Gostei bastante da foto, é extremamente dificil para mim explicar em palavras o que senti ao vê-la.

Parabéns e obrigada por este bom momento.

Rita disse...

Muito bom...

Espero que estejas bem Ni.

Desculpa a minha ausência, tive de fazer uma pausa para mim.

Beijinho *

Bichana disse...

Gostei mesmo muito! Aliás, gosto imenso do teu blog!!!

Sei que existes disse...

Talvez permaneça porque a força de viver a sua vida e o amor que sente, é superior a tudo!...
Beijo grande

MartaBrasa disse...

Assim é o abraço sentido, ao longe, numa serenata...
assim é a aula passada a falar de tudo menos do que o professor quer...
assim é o café no bar com mesas baixinhas e o lanche no outro do piso -1...:)
Assim é a amizade enraízada...
permanente...
silenciosa...
campanheira...
choramingona e sorridente...
profunda para quem a vive...para mim...:)

adc disse...

Permanecem todos os fenómenos singelos, puros e verdadeiros da vida.

Bjs