sexta-feira, 11 de setembro de 2009

vai começar um novo ano...

Vai começar um novo ano. Não é fácil. Todos dizem. Mas, cá para nós, deve ser giro. Estou com particular expectativa com Pediatria. Sei que há outras cadeiras que me vão surpreender. É sempre assim. Às vezes, é bom.
Ah… e até já fazem apostas “comigo”. “Entre HUC e pediátrico dou-te 15 dias para teres gripe…”
Adivinho um ano grande. É mau o melhor dos horários… Também já sei que vou chorar e sorrir muitas vezes, que vou stressar, que vou viver e reviver mil situações, pessoas… que vou aprender, escolher, sofrer, crescer.
5º ano. Passa depressa este tempo. Lembro-me das minhas primeiras praxes, das letras das músicas que gritava pelas ruas de Coimbra, de vender folhas de papel higiénico (duplas, atenção!) nas monumentais… e “agora” é o meu ano de ir no carro da Queima…
Este tempo passa depressa.
Faço o saco. Roupa, bata, coisas, cadernos, dúvidas…, medos…
Vai começar um novo ano… grande.


7 comentários:

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Então,
um começo cheio de alegria e força!
Beijinhos

Violeta disse...

ola linda...que corra bem esse grande ano... em tudo...

beijo enorme e bom inicio de ano

figlo disse...

Que sempre te sintas inteira e de pé nas escolhas que fizeres.A nossa força é feita de dúvida e fragilidade...a Sua força em nós é feita de Fidelidade...Bom Ano a começar...Glória

Sofia disse...

Só tem anos "grandes" quem é grande também.

Daqui a um ano quero um post sobre o que estes 365 dias te vão fazer sentir e ensinar.

Um beijo miuda.

DE MÂOS DADAS disse...

Que tudo corra pelo lado mais positivo...

Que a vida te sorria mesmo nos dias chovosos

Que sejas sempre o personagem principal na tua história.

Que tenhas sempre o control da tua barcaolhestes

Que quando a maré for alta tenhas Alguém a quem passar os remos.

Que tudo aconteça porque segues um caminho que escolheste

Que a vida seja para ti sempre vida

E que os sonhos num repente sejam uma realidade

Abraço de alguém que passou por aqui...
Confia sempre em ti nos outros e em Deus

DE MÂOS DADAS disse...

Salvo os erros
Coisas acontecem assim e o portuguguês acaba por ser escrito em pretuguês...
A tua barca
Dias chuvosos
enfim
mais um grande abraço de uma desconhecida que também passou por Coimbra...

Tonito disse...

Como eu adoro começos... sabes, se nunca começássemos nada, era apenas sinal que tínhamos parado (está bem... podemos continuar... mas é preciso muita força para continuar uma vida inteira... e mesmo nessas continuações, há momentos em que devemos parar e recomeçar... mais não seja para se tornar melhor, mais forte, ...).

E Coimbra... olha, já a grande música o diz e é verdade... tem mais encanto na hora da despedida.

Foram 10anos bem passados, muitas vezes mal aproveitados, um secundário fantástico, uma licenciatura ainda melhor... muitos amigos, algumas farras (poucas, para ser diferente da maioria), mas muitas e boas recordações.

Quanto a ti... o que dizer... aproveita e dá simplesmente o teu melhor - ninguém te pedirá o que não tens, e dares menos que TUDO... é um tanto egoísmo. Assim sendo, dá... a tua vida a quem precisa dela (tenho a certeza que há muitos desejosos das tuas mãos, dos teus pés, das tuas palavras, do teu silêncio... desejosos simplesmente de alguém que olhe por eles...).


FORÇA e sê FELIZ...