segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Céu azul laranja


Havia já muito tempo que não fazia este caminho. Era fim de tarde. Céu azul laranja. Cheiro a Coimbra. O papagaio naquela rua e na outra, no 17A, a música de quem toca trompete. Mas hoje os pés caíam no chão com o peso do cansaço... Nunca nada volta a ser igual.




4 comentários:

Violeta disse...

é verdade linda...

mas tudo tem a uma magia diferente em cada dia... =D

aproveita.

beijo solto

e boas aulas

S2 Jü S2 disse...

Simples e de grande valor!
Abraços Carinhosos♥

Cátia disse...

Minha querida,

Ando meio ausente mas sempre presente de coraçao...

A vida só passa uma vez, cada momento é unico em nós.. e por isso devemos aproveita-lo ao maximo. Vive e sê feliz querida.

Um beijo enorme,
CA

figlo disse...

É verdade. Ni! Nada volta a ser igual...Nunca! Nem as palavas , embora as mesmas...O próprio "Amo-te" dito ontem e hoje tornado a dizer, têm uma côr e um sabor diferentes...a isto eu chamo magia...a magia da Vida!...gosto muito de passar aqui...