segunda-feira, 23 de março de 2009

tamanho de ser capaz

Gostava de ter o tamanho de ser capaz… capaz de ajudar. Só gostava que as minhas mãos acalmassem as que precisam de dedos entrelaçados, que nos meus braços vissem o tamanho de abraços e no meu colo se sentisse o silêncio lindo do conforto. Gostava apenas que o tamanho do que dou de mim fosse tão grande que ajudasse a sorrir.


8 comentários:

Vida disse...

Olá Ni,

Acredita que ajudas a sorrir, mesmo não te conhecendo. Depois de um dia de quimioterapia, ler e meditar nas tuas palavras, os meus lábios louvam a Deus e os meus lábios rasgam-se num sorriso de agradecimento.
OBRIGADA!
Beijinho forte em Cristo
MJG

Anónimo disse...

"És Amor , ,me trás Amor e levarei Amor á outro , !!! ÉS nobre Ni. ! "
Amei.

OBRIGADO .

de dentro pra fora.... disse...

Sempre ouvi dizer que 'quem dá o que tem a mais não é obrigado' por tanto nunca penses que dás pouco, porque o pouco que dás para os outros pode ser muito, é só preciso dar-mo-nos...

Rosa disse...

Ni, não duvides, o que dás de ti é muito e ajuda a sorrir aqueles que contigo se cruzam...
Resto de uma semana calma e feliz.
Abraços

Sofia disse...

Como gostavas de ter?????

Ainda ninguem te disse que tens esse "tamanho de ser capaz"???

Lê-te NI... Lê-te com atenção...

Beijo enorme

entremares disse...

Felizmente... quanto mais se dá, maior a sensação de que precisamos de dar mais...

E o que se dá não se mede nessas unidades de medida.

A balança que conta... é a balança de quem recebe, de quam precisa.

O resto... para que interessa o resto ?

zeca gallo disse...

Goste (muito) de ler o que (também) hoje foi postado.
Desejo-lhe um bom fim-de-semana!

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Mas tu és IMENSA! E, Ni, dás o que podes e, mesmo que aches que não chega, acredita que é o suficiente.
Um xi apertadinho