terça-feira, 7 de julho de 2009

Não percebo

Escrevo porque quando tento dizer-Te algo Tu falas comigo e lá se vai tudo o que tinha pensado dizer-Te.
Não são monólogos o que quero, mas deixa-me chutar todas as perguntas. Algumas vão parecer zangadas, revoltas… mas são apenas tristes.
Pedi-Te sempre para me ajudares a perceber o que era certo, ouvia-Te e tal e qual como sussurravas eu fazia. Porque estava errado? Estava mesmo? Se não estava que presente é este sem futuro bonito à frente? Não… não era imaginação minha, não era a minha vontade a falar, não era a minha esperança… era também a Tua vontade, a Tua certeza num sussurro firme e doce. Não percebo. Desculpa, mas não é justo. Tu sabes.
Sabes?! Acho que afinal não tenho mais perguntas.
Afinal não são muitas mas são grandes…
Estou triste.
Deito-me todas as noite a pensar que vou rezar-Te, pedir-Te que me ajudes nestes dias difíceis, que me ajudes a concentrar, estudar, acalmar… e basta começar a falar contigo para me soltares as lágrimas do dia inteiro, para me desabotoares o peito e deixares fugir o coração da alma e receberes todos os meus pedidos… que já não se lembram de exames e coisas, mas sim das pessoas e pedir-Te inteiro para elas. E é por isto que não percebo. Tu sorris quando falamos assim, ficas tão contente quando Te peço para os outros… e agora… Agora olho para as pessoas e não Te vejo. Não reconheço as pessoas. Não (as) percebo. Dói. Onde estás? Não Te reconheço no desprezo, nas palavras que doem, na ausência…
Olha, por favor, continua a falar comigo, a ouvir-me e a ajudar-me a rezar melhor pelos que amo.
Não. Eu não vou desistir das pessoas, de gostar. Ensinas-me assim.
Sê, no coração das pessoas, o maior tesouro Vivo e ajuda a partilhar-Te em cada gesto.


5 comentários:

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Ó Ni...
deixo-te um braço bem apertado, para que possas sentir que, deste lado, há carinho e admiração. Muita força! Não desanimes! Tu consegues!

Violeta disse...

olá ni...mais uma vez entendo-te..pareces tanto eu a falar... enfim..almas estranhas mais ainda bem que temos alguem que nos «ouve» que nos acalma e que nos consola ...

força linda n'Ele sempre =D

tou contigo

aquela abraço apertado que tanto precisas...

adr-t

de dentro pra fora.... disse...

Por muito esforço que se faça por vezes não conseguimos entender...
não seja por isso...nunca deixes de ser como és, como tu só, ele sabe, ele conhece-te melhor que ninguém...

Anónimo disse...

ÓH NI, passo e te percebo triste , tal como eu..... outro dia....e sabe o que me ajudou ? Na minha tristeza Jesus foi Luz , tão especial , que consegui sorrir mesmo triste .Procurei Amar mesmo magoada , porque quando recebi dele a força de seu Amor , agarrei-me à Ele, em orações .E Ele à mim ,eu acredito , porque sinto o Bem em meu viver .
Fica Bem .Você é tão Linda no que escreve , BJnhos.

monge disse...

Olá Ni

Quando te leio, sei que O sinto, não à tua maneira mas à minha. Vejo em ti a melhor forma de tudo aquilo que Ele possa representar ...provavelmente, e digo isto sem poucas dúvidas, personificas na tua maneira de sentir, o Seu verdadeiro significado. Não sei se O consigo ver, duvido que O possa imaginar,mas, acredito naquilo que dizes. E, também eu não vou desistir das pessoas (a melhor frase que já li!!). Fazem-me tanta falta! É-me difícil perceber outra forma que não essa.
Provavelmente!
Acredita que, também tu me ensinas. Descubro em ti o caminho que gosto de seguir. Sem ser obrigado a isso, sinto-me cá tão bem!

Porque a vida, apesar de estranha, tem que aparecer sob a forma de um "sussurro firme e doce". Tão bom!

Bjs para ti