sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Só a saudade não anda no mar...

Foge o mar e leva a areia
Como triste alma que vagueia,
Perdida na esperança de encontrar
O sonho em qualquer lugar...

Volta o mar e traz a areia...
Lava os pés de quem anseia
Pegar na alma e fugir
Para onde só o coração possa sentir...

Só a saudade não anda no mar...
Respira-se em cada partícula do ar...
E conjuga-se em todos os tempos do verbo amar.






Ni

1 comentário:

Poetinha Armeniz Müller disse...

Como poetinha racional que acredito ainda ser, apesar da gradativa osmose que venho sofrendo em exagerada e nociva estreiteza com a realidade e o cotidiano político-administrativo brasileiro, eu sigo religiosamente o blog http://profundamenteeu.blogspot.com.br - da lindamente inspirada poetisa Ni...
Até porque assim exercito o meu lado sensível, o que me confere algum resquício de necessária ingenuidade e sonhadora humanidade, nos meus textos ardidamente racionais...

Poetinha Armeniz Müller.
Da Terra das Araucárias...
...para um mundo de amor.

http://blogdopoetinhaarmeniz.blogspot.com.br
poetinhaarmeniz@Gmail.com